sábado, 20 de março de 2010

Almofada Vermelha



Montar 2 tecidos com retalhos irregulares de 45 cm X 35 cm.

Costurar e desvirar 8 tiras com 8 cm X 40 cm.

Costurar 12 quadrados de 8 cm .

Cortar 4 tecidosiguais com 8 cm X 45 cm.

OBS : Todos os tecidos devem ser da mesam cor , porém com padronagens diferentes.

quarta-feira, 10 de março de 2010

BOLSINHA DE MÃO



Meninas, preparem -se para a próxima aula. Vamos dar um descanso na cabeça e fazer esta bolsinha, do nível fácil.

Tragam zíper, manta e tecido de sua esccolha.


Bjs


domingo, 7 de março de 2010

CURVAS EM PIECING


Clique na imagem para ampliar

Meninas tragam o material para a próxima aula . Vamos trabalhar em curvas. Nosso projeto é este da imagem. Podendo também fazer uma linda almofada.

Observem que o quilt são borboletas. São quatro bloquinhos.

sábado, 6 de março de 2010

Agenda da Leila







Meninas, podem ajudar a divulgar? vai ser tão legal!FESTIVAL PATCHWORK SUZANO 20...
















De 02 a 04 junho de 2011 RJ.

Galera do Patch,


Meninnaas no dia 30/06/10.

Vamos às compras na 25 de Março, Fernando Maluhy e Festival de Patchwork.

Até lá.

No dia 13 de abril de 2010, pela manhã, estarei no Fernando Maluhy, e à tarde no Festival Brazil Patchwork Show.

E no dia 14 estarei nos Armarinhos da Rua 25 de Março - SP.

Espero vocês lá!

Um beijo!

Leila Chequer

Entre em contato através do leilachequer@gmail.com


Aulas Patchwork Avançado

Quarta e Sábado estou na Estação do Ponto- Armarinho no Largo do Machado - Rio de Janeiro

sexta-feira, 5 de março de 2010

Meus Trabalhos Premiados









Clique nas imagens para ampliar

GUIRLANDAS DO MEU CORAÇÃO




Tradicional colcha quiltada a mão . Primeiro lugar no Festival do Patchwork e Quilt em Gramado Rio Grande do Sul Brasil em 2002 . Escolhida também a melhor peça entre todas.

































Trabalhos apresentados em feiras de Patchwork











Mais uma reportagem do quadro Acorda, menina!.

Vamos conhecer um exemplo de felicidade. É a história de uma mulher que se tornou craque em fazer colchas e outros trabalhos em patchwork. Já ganhou muitos prêmios. Mas a história dela nem sempre foi assim...

Leila Chequer era uma dona de casa que fazia da costura um passatempo. Há dois anos, quando o marido perdeu o emprego, ela foi à luta e passou a sustentar a família. Leila começou a dar aulas e a vender colchas de patchwork.

O interesse pela arte do patchwork surgiu quando Leila assistiu a uma reportagem da Ana Maria. "Eu vi uma professora dando as primeiras noções de patch e me apaixonei."

Aí, Leila fez vários cursos, praticou muito e ficou craque em colchas de patchwork feitas à mão ou à maquina.




Em muitas, o charme fica por conta da sobreposição. Os pedaços de tecido são costurados um sobre os outros e o trabalho ganha profundidade e riqueza de detalhes.
Primeiro, ela pensa no desenho, recorta os tecidos e depois faz o contorno com agulha e linha.
Desde que arregaçou as mangas e decidiu fazer dinheiro, Leila ganhou todos os festivais de que participou. Foram 21 prêmios até agora.
Agora, ela comemora uma nova conquista: foi convidada para participar de uma feira em Houston, nos Estados Unidos, daqui a dois meses.

Para dar conta da produção, Leila tem duas ajudantes: Fátima e Sônia. Elas também fazem kits para costura, onde cabem tesoura, fita métrica e alfinetes, além de panos para quarto de bebê.
Os bonecos de patchwork são um sucesso entre a clientela.

As colchas custam em torno de R$ 500,00, mas se forem muito trabalhosas podem chegar a R$ 1 mil.
Com a venda das peças, Leila sustenta os três filhos e a nora.

Com todas as conquistas, Leila deu um exemplo aos filhos: quem busca uma saída para os problemas, encontra.

Leila Cherques

Retirado de
http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL479599-10345,00.html

quinta-feira, 4 de março de 2010

Novo projeto




Uma vez por mês vamos forrar caixas em tecidos. Comprem suas caixas em MDF ou de papel paraná.
Postagens relacionadas

Twitter

LinkWithin

Postagens relacionads